Nesse sábado(24) o PT – SP realizará o seu 19º Encontro Estadual que reafirmará a candidatura de Lula, vai decidir a tática eleitoral, as diretrizes do programa de governo, a política de aliança e a nossa chapa majoritária. 

Em São Paulo - centro econômico e operacional dos golpistas - o PSDB governa (ou desgoverna) há 24 anos, tendo Alckmin participando dessa gestão por vinte anos, hora como governador, hora como vice ou mesmo como secretário.

Esse modelo já apresenta sinais de esgotamento, mesmo sendo hegemônico pela força de instituições empresariais, financeiras  e especialmente da mídia. Por esse motivo, o PT deve ter a ousadia de enfrentar o debate com firmeza, contrapor o modo petista de governar com o estado mínimo tão defendido pelos tucanos que nega os direitos básicos da população e que não resolve os problemas do estado. É necessário não ter medo de reafirmar o papel do estado como indutor do crescimento! Nossa candidatura deve falar com os paulista que nosso projeto entende que desenvolvimento econômico e regional só é possível com desenvolvimento social, zelando pelas periferias da cidade, enfrentar as desigualdades sociais, raciais e de gênero.

A população negra amarga índices de desigualdade gritantes! São Paulo sempre deixou as políticas públicas para as mulheres em segundo plano. É sintomático nosso estado ter sido um dos últimos a assinar o Pacto de Enfrentamento à violência contra a Mulher e a discussão por delegacia da mulher 24 horas ser tão morosa e desprezadas na gestão do governo do estado e infelizmente esses são apenas alguns dos muitos exemplos do descaso dos tucanos com o povo de São Paulo e que o PT deve contrapor.

Mostrar exemplos do que já fizemos em outros lugares do Brasil, como é o caso da política de pedágios como fizemos no Rio Grande do Sul, onde os valores das tarifas são a metade do praticado em SP.

É essa marca que queremos carregar na campanha desse ano! Com essa garra típica da militância petista. E queremos apresentar essa garra e ousadia na prática! Queremos essa ousadia nos panfletos da nossa chapa majoritária! Por isso defendemos que a companheira Juliana Cardoso ocupe uma das vagas de candidata ao senado, pois assim temos a oportunidade de colocar em prática a paridade! E não estamos falando simplesmente da representação feminina na chapa majoritária, Juliana Cardoso tem e sempre teve o compromisso com os diretos humanos numa relação de mão dupla no diálogo com os movimento sociais como poucos de nossos quadros políticos.

Juliana Cardoso como candidata ao senado também representa uma importante sinalização para a sociedade do compromisso do PT com a transição nessa conjuntura é importantíssimo o partido mostrar sua capacidade de renovação, de força e coragem em apresentar lideranças novas.

Enfrentar o machismo, o racismo, a LGBTfobia e tantas outras discriminações não é algo menor se comparada a luta pelo socialismo elas se entrelaçam e um partido popular e que sempre esteve a frente de sua época não pode estagnar não foi por menos que em São Paulo já tivemos a ousadia em eleger em chapas majoritárias companheiras como Erundina, Marta Suplicy, Marcia Rosa, Telma de Souza e tantas outras companheiras de luta que marcaram por onde passaram, essa é a nossa história.

Quem mora na capital e na Grande São Paulo ou utiliza as redes sociais, sabe que as principais manifestações que aconteceram na Câmara Municipal, teve atuação da nossa vereadora junto com a bancada. Ela sempre esteve ao lado dos que mais precisavam, foi assim na ocupação do estudantes na câmara, nas manifestações de diversos movimentos de moradia, no enfrentamento ao capitão do mato do MBL e na periferia da cidade.

A indagação que fica: Existe nome melhor para esse momento de luta? Momento que exige experiência e ousadia? Juliana não seria a melhor representação da voz do povo sofrido de São Paulo no Senado Federal? Talvez por esses motivos sua inscrição teve o maior número de assinaturas de filiados e filiadas ao PT. Foram 10556 companheiros e companheiras que acreditam que Juliana é a candidata que reúne as qualidades necessárias pra batalha desse ano. Acreditamos que essa voz somará ao nosso experiente Eduardo Suplicy que aparece em destaque em todas pesquisas para o Senado com índices até maior que a nossa maior liderança o Presidente Lula. É a combinação perfeita de liderança nova e jovem com a experiência, de uma mulher e um homem em pé de igualdade!

Essa combinação pode alavancar a candidatura do nosso pré-candidato a governador Luiz Marinho, que necessitará de ousadia e luta para chegar no segundo turno. É assim que acreditamos ter a chance de encerrar o ciclo perverso dos tucanos no estado de São Paulo, por isso que nesse sábado convidamos a todas e todos para a ousadia. A ousadia necessária pra mudar o estado de SP!

 

Tiago Soares – Secretário Estadual de Combate ao Racismo PT/SP

 

 

 

 

 

 

Última modificação em Mar 21, 2018

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top