O PT definiu neste sábado (24) o nome que vai concorrer ao governo do Estado de São Paulo: será Luiz Marinho, ex-prefeito de São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

Marinho venceu a disputa interna com cerca de 80% dos votos. Dos 1.200 delegados estaduais do partido, 896 se inscreveram para a votação, que ocorreu na sede do Sindicato dos Bancários, no Centro de São Paulo.

Foram 660 votos de Marinho contra 175 de Elói Pietá.

A votação durou uma hora e 30 minutos. Suplicy foi aclamado como primeiro candidato ao Senado pelo PT.

Para a vaga de segundo candidato ao Senado, concorriam Juliana Cardoso e Jilmar Tatto. Tatto teve 489 e Juliana, 350.

Atual presidente estadual do PT, Marinho foi prefeito de São Bernardo do Campo por duas vezes, tendo atuado também como ministro do Trabalho e da Previdência durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante a votação neste sábado, os militantes também discutiram a política de alianças para as eleições de outubro e as diretrizes do plano de governo do partido.

"O Estado de São Paulo é o estado mais rico do país e deve ser referência em todas as políticas. Resolver o problema da remuneração dos professores, dos policiais dos profissionais da saúde. Resolver a retomada de investimentos no estado de São Paulo com a geração de oportunidades, geração de empregos. A polícia que defenda dos trabalhadores, que defenda a juventude", diz Marinho.

Fonte: G1 (https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/pt-escolhe-luiz-marinho-como-candidato-do-partido-ao-governo-do-estado-de-sp.ghtml)

Ler 274 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top