O Partido dos Trabalhadores saúda os milhões de brasileiras e brasileiros que tomaram as ruas do país nesta quarta-feira, 15 de maio. Estudantes, professores, trabalhadores de todas as regiões demonstraram seu repúdio ao desmonte daEducação pública e ao projeto que visa a acabar com a aposentadoria.

As gigantescas e pacíficas manifestações de ontem confirmam a ampla rejeição à agenda de retrocessos que Jair Bolsonaro quer impor ao país. Deram uma contundente resposta a um governo que serve ao mercado, ataca os direitos do povo, abre mão da soberania nacional e demonstra horror à inteligência, à educação e à cultura.

Nossos governos provaram que é possível democratizar o acesso à educação de qualidade, em todos os níveis de ensino. Nossas elites e a direita retrógada que Bolsonaro representa querem destruir esse legado, que pertence ao povo brasileiro, especialmente aos mais pobres, que pela primeira vez tiveram, oportunidades de crescimento sempre negados.

Mas a sociedade brasileira está viva e nossa juventude não abre mão de seu futuro. Esta foi a primeira de muitas outras jornadas de luta que virão. O PT estará sempre ao lado da Educação, do país e do povo brasileiro, em todas as frentes: no Congresso, nas escolas, nas fábricas, nas redes e nas ruas com nossa militância aguerrida.

Vamos à luta! Eles não podem parar nossos sonhos.

Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT
Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara
Humberto Costa, líder do PT no Senado

Ler 278 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top