A Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) protocolou na tarde desta terça-feira (22/10) uma notificação extrajudicial contra o Google após o navegador, por meio de sua ferramenta de dicionário, ter definido o termo professora como “prostituta com quem adolescentes se iniciam na vida sexual”, classificada como um “brasileirismo”.

Em uma simples busca sobre o significado da palavra “professora”, o provedor disponibiliza como primeiro significado a definição “mulher que ensina ou exerce o professorado”. E, em segunda opção, aparece o conceito polêmico.

O resultado da busca disponível na ferramenta chocou a categoria dos professores, uma vez que, segundo as educadoras, afronta a dignidade de uma profissão que é alicerce de todas as outras, portanto, fundamental para o desenvolvimento da pessoa humana e da nação.

A presidenta da Apeoesp, a deputada Professora Bebel, destaca que o provedor é responsável pelas publicações elencadas na ferramenta de busca, inclusive dos parceiros. Ela exige que o conteúdo seja retirado imediatamente do ar, pois o significado encontrado pela busca tem causado grande constrangimento e revolta de todos que respeitam as professoras deste País.
“Essa definição, não obstante as prostitutas também serem dignas de respeito como seres humanos e trabalhadoras, não condiz com o trabalho desenvolvido pelas professoras, que têm o privilégio de educar e de participar da formação do ser humano como um todo”, ressalta a deputada.

Outro ponto polêmico presente na busca é a definição dada para o substantivo masculino do termo “professor”. Neste caso, uma vez pesquisada, a palavra consta como primeira definição “aquele que professa uma crença, uma religião” e a segunda “aquele que ensina, ministra aulas (em escola, colégio, universidade, curso ou particularmente); mestre”.
“A diferenciação é preconceituosa e denota um viés machista, que não encontra amparo no nosso ordenamento jurídico, já que o artigo 5º da Constituição Federal estabelece a igualdade entre homens e mulheres”, concluiu a deputada.

Ler 138 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top