O líder do PT na Alesp, Teonilio Barba, comentou o anúncio, feito nesta quarta-feira, 30/10, pelo governador João Doria, do reajuste de 5% sobre os salários dos servidores da segurança pública: policiais e agentes penitenciários. Segundo Barba, o reajuste não cobre a inflação dos últimos 18 meses, acima de 6%, muito menos as perdas acumuladas nos últimos cinco anos, que superam 21,57%. Ou seja, o aumento não vai repor as perdas e só vai valer a partir de janeiro de 2020. “Estranho a tranquilidade dos deputados que integram a bancada da segurança pública na Casa com o anúncio do governador. Mas, faço uma provocação. Quero ver se aceitam discutir alterações na proposta de João Doria. Nós do PT vamos defender um reajuste maior.”

Fonte;: Imprensa PT Alesp. 

Ler 176 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top