A pesquisa eleitoral realizada pelo instituto MDA a pedido da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) apresentada nesta segunda (14), além de mostrar a liderança isolada de Luiz Inácio Lula da Silva nas intenções de voto para as eleições de 2018, indica que a maioria da população brasileira não acredita na justiça.

Para 90,3% dos entrevistados, a justiça brasileira não trata a todos de maneira igual e apenas 6,1% considera a justiça igual para todos, mostrando que a falta de isonomia e a seletividade do judiciário está a cada dia mais escancarada.

Essa situação se traduz em uma falta de confiança nas instituições e uma grande crítica a justiça. Segundo 36,5% dos entrevistados a justiça é nada confiável, enquanto 52,8% a consideram pouco confiável, e apenas 6,4% consideram a justiça muito confiável.

Para 55,7% da população, a atuação da justiça brasileira é péssima ou ruim. Segundo 33,6% dos entrevistados a justiça é regular e apenas 8,8% consideram a atuação da justiça boa ou ótima.

Nesse cenário de descrédito da justiça, a expectativa é que a corrupção não tenha grandes mudanças no país, ou até que piore. Para 44,3% dos entrevistados, a corrupção no Brasil continuará na mesma proporção de sempre. Segundo 17,3% das pessoas, a corrupção no Brasil irá aumentar, e para 30,7% a corrupção irá diminuir.

Da redação da Agência PT de notícias

Ler 38 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…