Imprimir esta página

O Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo, com até 14 mil intoxicações por ano, segundo o Ministério da Saúde, mesmo órgão que informa que São Paulo é o Estado que mais consome. Mais de sete litros de agrotóxico são ingeridos anualmente por pessoa.

O Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos (PARA), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), fez uma análise dos níveis de resíduos de agrotóxicos em alimentos em São Paulo no ano de 2012 e considerou 40% das amostras analisadas insatisfatórias para o consumo humano.

Dentre os expostos à contaminação por agrotóxico estão pessoas que trabalham ou vivem perto de áreas onde o veneno é pulverizado, animais dessas áreas, pessoas que ingerirem água contaminada com o veneno, dentre outras.

Recentemente a Rede Brasil Atual publicou matéria citando que 20% de 25 mil casos de contaminação notificados pelo Ministério da Saúde, de 2007 a 2014, referem-se a crianças contaminadas pelo agrotóxico. As informações foram retiradas do Atlas Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia.

Essas pessoas, ao serem contaminadas, podem sofrer de males como distúrbios hormonais e nervosos, infertilidade, câncer e muitos outros males. Uma lista crescente de sintomas, crescentes assim como crescem o número de contaminados.

Ler 539 vezes