Neste sábado (22/9), ao fazer campanha por Sapopemba, Parque Boa Esperança, Cidade Tiradentes e Guaianazes, bairros da zona leste de São Paulo, Luiz Marinho, candidato ao governo do Estado pela coligação “São Paulo do Trabalho e de Oportunidades - PT/PC do B”, afirmou que uma de suas prioridades em 2019, como governador, será facilitar o crédito para pequenos comerciantes, lojistas e pequenos agricultores.

Em sua caminhada por esses bairros, Marinho passou por áreas de intenso comércio popular, como na avenida Sapopemba, além de feiras livres. Nesses locais, explicou como pretende gerar empregos no Estado, auxiliando quem pretende empreender.

“Vamos dar crédito para quem precisa financiar seu pequeno negócio, o pequeno empresário, o pequeno empreendedor, o lojista, o feirante, o pequeno produtor que pretende melhorar sua produção agrícola”, disse Marinho enquanto cumprimentava eleitores e pedia votos para “o time de Lula, com Fernando Haddad à Presidência, Eduardo Suplicy e Jilmar Tatto no Senado”.

De acordo com o programa de governo do petista, as linhas de crédito serão ofertadas com taxas de 40% a 50% menores do que as atuais, ou seja, entre 4% e 5% ano ano. Marinho disse que irá criar o Banco de Desenvolvimento e Fomento no Estado, justamente para oferecer linhas de crédito mais baratas.

Uma de suas ações será aplicar as metas da Política Nacional de Alimentação Escolar, assumindo o compromisso de que, em quatro anos, 30% dos alimentos comprados pela Secretaria de Educação serão provenientes da agricultura familiar, transformando a dinâmica econômica dos produtores familiares, garantindo a compra de mais de R$ 70 milhões de produtos da agricultura familiar.

Saúde e Educação

Quando percorria a avenida Sapopemba, Marinho lembrou aos eleitores que faltam 15 dias para a eleição, em 7 de outubro, dia em que os brasileiros terão “oportunidade para transformar este Estado e este país”, recuperando o Brasil o São Paulo para os brasileiros.

“No Estado de São Paulo, nesses 24 anos de governos tucanos, piorou a saúde, piorou a educação. É preciso que o governo do Estado assuma sua responsabilidade com a saúde da mulher, da criança, do idoso”, disse o petista.

Marinho lembrou também que a crise político-econômica do Brasil, com mais de 14 milhões de desempregados, também afeta muitos adultos na faixa de 50 anos de idade, além da própria juventude.

“Não podemos esquecer também de homens e mulheres, com 55 anos, 57 anos, que não conseguem emprego nem sequer conseguem se aposentar. Precisamos dar-lhes oportunidades.”

Saneamento

Em Cidade Tiradentes, Marinho foi questionado por jornalistas. Segundo uma repórter, a principal queixa dos moradores daquele bairro era com a falta de saneamento. O candidato petista reiterou seu compromisso de “mudar radicalmente a orientação da Sabesp”, responsável pela distribuição da água e coleta e tratamento de esgoto.

Marinho afirmou que cabe à empresa combater o desperdício de água e tratar 100% do esgoto. Segundo ele, não se pode pagar dividendos a acionistas, por meios das Bolsas de São Paulo e Nova York, enquanto a Sabesp não garantir esses direitos à população.

“No meu governo, cada centavo será reinvestido para resolver essas questões. Como que a Sabesp paga dividendos nas Bolsas se ainda não cumpriu a sua missão? Ou seja, isso é fraude ao principal investidor, que é o povo paulista”, completou Marinho.

Para fazer download das fotos com a caminhada de Marinho por bairros da zona leste de SP, acesse o link: https://bit.ly/2QRHGso

Crédito de fotos: Cesar Ogata/Divulgação

 
 
Ler 104 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top